X

Para músicos, escritores, compositores e poetas!

Imagino como deve ser difícil para um músico, compositor, escritor, poeta e todos esses artistas que expõem seus trabalhos aos mais diversos tipos de opiniões, gostos, críticas e interpretações. As vezes os resultados dessas composições vem de uma fase da vida, um momento que marcou, uma ideia que nasceu numa mesa de bar , num bate papo com um amigo, aquele insight durante o banho ou até mesmo uma ressaca moral do dia seguinte, são tantos os motivos que leva a alguém a construir uma música, uma poesia ou uma obra de arte, que até mesmo o nada, é possível como fonte de inspiração. Eu que sou muito curiosa e sempre quero saber o que tem por trás daquilo, como o autor chegou nessa frase, como o compositor chegou nessa nota, o que ele sentiu enquanto estava escrevendo, chego a várias interpretações pessoais. Cada palavra, cada paragrafo, ritmo, desenho, formas, ganham o meu jeito de  olhar, as vezes chegam outras pessoas, que me dão uma nova perspectiva, um novo ponto de vista e eu, adoro essas discussões, viajar nessas ideias das interpretações, do que pode ser ou não ser. Mas, quando descubro o verdadeiro motivo, a verdadeira razão para aquela criação, penso que já é tarde demais para o autor se explicar, eu até entendo os motivos dele, mas já interpretei do meu jeito, já criei minha afinidade, já guardei pra mim e tornei especial o que eu quis.  Por isso, que eu penso que seja difícil, ver sua criação receber tantas interpretações divergentes da ideia original, distorcidas, atrapalhadas, confusas, opostas, ingenuas, imaturas, incoerentes,  dramáticas, otimistas, triste, alegre, pior ou quem sabe até melhor do que você imaginava. De fato acho difícil para vocês, artistas, criadores e criativos, mas acho lindo! Lindo, essa capacidade de se libertar que a arte possibilita, de sair do alcance de vocês o poder da interpretação, de não escolher quem vai julgá-la, ser acessível a todos ouvidos, olhos, bocas , mentes e que cada um tem de se sentir dono do que não te pertence. E hoje nessa noite de insônia, a escrita desse texto veio inspirada na música”Like a virgin”, que foi lançada no mesmo ano em que eu nasci. Sempre tive a imagem de Madonna como uma mulher que rompeu muitas barreiras na indústria de entrenenimento e como ela mesma disse, desafiou os esteriotipos convencionais. Já tive várias interpretações dessa música desde a infância até a fase adulta e hoje, escutei a  versão gospel na voz de Cristina Scuccia, uma freira que venceu o The Voice na Itália e mais uma vez, crio uma nova interpretação, sob uma nova perspectiva,  nesse caso, se tornou fácil para mim enxergar uma nova interpretação dentro da canção, porque tudo é favorável pra que isso aconteça, mas é engraçado quando isso acontece dentro de um contexto que continua exatamente igual, é como ler um livro que você leu a dez anos atrás, tudo que você viveu nesses dez anos, vão influenciar na sua interpretação do hoje. Realmente, tudo é passível de transformação, a música, a poesia, os pensamentos, as ideias e os ideais! Para quem ainda não viu o vídeo 😉 é só apertar play! 😉 https://www.youtube.com/watch?v=r0e8Uve7cJU

Leave a Reply

Message
Your Name *
Your Email *
Website

quatro × cinco =

Fale comigo!

Use o formulário para entrar em contato

Name: Thiara Meneses
Skype: thiarameneses
Address: contato@thiarameneses.com.br
Top